Dicas para manter sua moto funcionando

Se você tem moto, sabe que a bateria é componente essencial para o seu bom funcionamento, exigindo alguns cuidados.

Para começar, comprar uma bateria de procedência e de alta durabilidade da Bateriaspontocom, é a sua escolha mais sensata.

Porém, mesmo com essa escolha, é preciso tomar algumas precauções para que a bateria funcione bem e por muito mais tempo.

Pensando nisso, separamos 5 dicas excelentes para manter a sua bateria de moto funcionando bem. Vamos lá?

Baterias de moto

Mesmo seladas e livres de manutenção, as baterias de moto exigem alguns cuidados para que sua vida útil seja a mais longa possível.

Em geral, as baterias de moto duram em média 3 anos até precisarem ser substituídas, mas tudo isso depende da frequência e maneira de uso.

1 – Verifique se existe alguma fuga de corrente

Alguns proprietários de motos tem o hábito de instalar equipamentos como alarmes e rastreadores. O problema é que eles podem causar fuga de corrente e se isso ocorrer, a bateria pode não ter força suficiente para fazer a moto ligar.

Por isso, a instalação desses itens somente deve ser feita em oficinas especializadas, caso contrário, a bateria pode não ter o funcionamento adequado e prejudicar todo o motor.

 

2 – Não deixe a moto sem funcionar por longos períodos

O ideal é que você use sua moto diariamente, nem que seja por poucos quilômetros. Porém, caso você pilote menos do que o esperado, procure dar partida no motor por uns 15 minutos uma vez na semana.

Ao contrário do que muita gente pensa, andar com a moto todos os dias pode prolongar a vida útil da bateria.

O desuso e a rodagem por curtos períodos é o que contribuem significativamente para o descarregamento da bateria, sobretudo em motos equipadas com alarmes e rastreadores, que acabam consumindo mais energia.

3 – Madeira no pé

Outra dica é o uso de um apoio de madeira ou borracha no pezinho que sustenta a moto quando parada. Como a peça é feita de ferro e está em contato direto com o chão, cria-se uma corrente como um fio terra, dissipando toda a energia da bateria.

Tomando este pequeno cuidado, ela pode durar até 6 meses sem ser utilizada, já que a peça de apoio isola a corrente que passa pelo pezinho da moto, aumentando a vida útil da bateria.

4 – Desconecte os cabos da bateria

Caso sua moto fique parada por muito tempo, você pode desconectar os cabos da bateria, impedindo que a energia seja perdida.

Primeiro, você deve desconectar o cabo negativo e depois o positivo para que não haja nenhum curto circuito que prejudique os acessórios elétricos da moto.

Além de não prejudicar o funcionamento do sistema elétrico da moto, isso ainda reduz a oxidação nos terminais, conhecida popularmente como zinabre, que dificulta a passagem da corrente elétrica, diminuindo o funcionamento correto da bateria.

5 – Inspeção periódica

As baterias de moto necessitam de uma atenção especial no inverno e em períodos chuvosos. Isso porque a baixa temperatura faz o motor exigir mais força da bateria para ligá-lo, pois o óleo fica mais espesso.

Além disso, a umidade em excesso pode provocar curto em lâmpadas, fazendo a bateria consumir carga erroneamente.

Mesmo que não exista sinais de avarias na bateria de sua moto, é essencial fazer uma inspeção periodicamente com um eletricista de confiança. Esse profissional vai medir a carga da energia da bateria e também verificar se existe fuga de corrente.

A dica é que você faça uma inspeção pelo menos a cada dois meses para ver se existe alguma anormalidade com a bateria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *